terça-feira, 1 de maio de 2012

Militares da PMDF na CPMI para esclarecer escutas ilegais no GDF.




  • O deputado Fernando Francischini (PR) apresentou requerimento à Comissão de Segurança Pública da Câmara pedindo a realização de audiência pública para esclarecer denúncias de escutas ilegais contra autoridades no Distrito Federal. O documento, que deve ser votado nesta quarta-feira (2), solicita a presença de quatro militares para explicar gravações e o vazamento de informações confidenciais do governo do DF.  ...

    De acordo com reportagem do “Correio Braziliense”, o servidor da Subsecretaria de Inteligência do GDF João Teixeira admitiu que gravou clandestinamente imagens do gabinete do governador Agnelo Queiroz. Pessoas ligadas a Agnelo associaram os nomes relatados em um depoimento prestado na polícia por Teixeira ao deputado Francischini apenas por ambos trocarem mensagens pelo Twitter.

    “Essas afirmações justificam a realização da audiência pública para esclarecer de onde realmente estão partindo estas acusações, quem são os arquitetos intelectuais deste esquema e, principalmente, mostrar que conversar por redes sociais abertas não é espionagem e muito menos crime”, destaca o deputado. Caso a requisição seja aprovada, serão convidados o Chefe da Casa Militar do DF, Cel. Rogério Leão, e os tenentes-coronéis da PMDF Soraya Barbosa Sales de Almeida, Récio Torres e Vieira Neto.

    (Reportagem: Djan Moreno/ Foto: Alexssandro Loyola)


    Fonte: PSDB na Câmara - 30/04/2012

    http://www.edsonsombra.com.br/post/francischini-pede-audiencia-com-militares-para-esclarecer-escutas-ilegais-no-gdf


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial