quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Políticas Públicas na área da Segurança Pública


2..1.2013
Firmino José Alves
Gestor Público

As forças Policiais do nosso País estão cada vez mais enfraquecidas pela falta de uma política Nacional de Segurança Pública. Muitos Estados da Federação não oferecem condições mínimas de operacionalidade deixam muito a desejar quanto à estrutura, armamento, material bélico com salários totalmente desproporcionais quando comparamos entre os Estados. Nosso País cresce a cada ano o seu desenvolvimento esta sendo reconhecido internacionalmente e não vemos a preocupação em investimento em área crucial para manter a estabilidade, o crescimento e a confiança não só de seus moradores e sim dos seus visitantes, parceiros, aliados, investidores nacionais e internacionais. Como poderemos analisar o desenvolvimento de uma nação onde morem por ano milhares de Brasileiros quando comparamos com alguns Países que estavam ou estão em guerra ou conflitos e nossa guerra urbana esta matando muito mais. O Brasil é sede de uma Copa do Mundo e até agora não apresentou uma estratégia para aperfeiçoar e melhorar toda Segurança Pública de todo nosso imenso País, não devemos pensar Segurança Pública somente nos Estados sedes da realização dos jogos isso em minha opinião é no mínimo estranho, pois vem deixa claro que todos os investimentos que pode chegar à cifra de Trilhões de Reias em investimentos serão aplicados somente em regiões chaves das realizações dos jogos e o restante das cidades ficarão de fora? A solução poderia vir de Políticas Públicas abrangendo todos os Estados e categorias de Policiais Civis, Militares e Agentes Penitenciários que fazem parte da Segurança Pública mais são descriminados pelo Estado seja pela ausência, negligência ou até mesmo na omissão de trazer condições e melhorias para todos esses profissionais de Segurança que muitas vezes dão suas vidas para servir em nome do seu País. Não entendo os motivos que faz o Congresso Nacional não analisa as PEC 300 isonomia de salários das forças policiais, causaria uma revolução dentro da área de segurança pública onde a valorização e reconhecimento desses profissionais seriam reconhecidos. E a PEC 308 criação da Policia Penal do nosso País onde a aprovação dessas PEC não traria de forma alguma aumento de despesas nas receitas para nenhum Estado da Federação na verdade com toda certeza traria uma injeção de animo nos profissionais do Sistema Prisional Brasileiro. Para finalizar o Congresso Nacional, os Estados da Federação e a União deverá assumir a responsabilidade de mudar definitivamente a imagem negativa das nossas forças policiais perante o cidadão, como podemos exigir dos nossos policiais, empenho, lealdade, compromisso, profissionalismo e determinação no desenvolvimento das suas funções se o Estado Brasileiro não cumpre com seu papel de desenvolver condições técnicas, operacionais, jurídicas e financeiras para um trabalho de excelência. Em 2013 as esperanças serão renovadas e devemos cobrar dos nossos Políticos comprometimento com a área de Segurança Pública não somente as vésperas de Copa das Confederações e Copa do Mundo mais uma Política Continuam em beneficio sempre do Povo Brasileiro.

FONTE:http://docafezinho.com.br/

POSTADO POR: JOSENY - CRCS/PMDF

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial