quinta-feira, 25 de abril de 2013

Politica: Raad Massouh, cassação, cinismo e proteção sem nexo


Foto: Divulgação - Arquivo Notibras
Foto: Divulgação - Arquivo Notibras

O que parecia uma simples operação policial a cata de irregularidades no uso de dinheiro público destinado a emendas parlamentares, tornou-se em uma grande dor de cabeça não só para o deputado distrital Raad Massouh, mas também para outros deputados distritais.

Hoje sabe-se o porquê de tanto empenho de alguns poucos deputados quando se referem ao caso Raad, fingem desconhecer o porquê da acusação contra seu colega parlamentar, alguns estão trabalhando e torcem pelo arquivamento do pedido de cassação contra seu colega na Câmara Legislativa.

O fato de terem trabalhado, pressionado e conseguido a retirada do delegado Flamarion Vidal das investigações de nada serviu aos investigados, foi pior, o Ministério Público do Distrito Federal continuou nas averiguações iniciadas pelo delegado e o que parecia adormecido, revela-se agora nas mãos da Desembargadora Sandra de Santis como mais um grande esquema criminoso contra o povo de Brasília.

E uma pergunta se apresenta, qual o parlamentar distrital terá coragem de segurar tamanho abacaxi ao assumir a relatoria do processo na Comissão de Ética?

No judiciário a possibilidade é zero do trabalho iniciado pela DECAP e continuado pelo MP não dar em nada, as provas são robustas, os grampos autorizados pela justiça são autoexplicativos e o resultado das buscas enriqueceu as investigações, todos os envolvidos já foram denunciados.

Postergar o caso em nada vai mudar o final da história de Raad Mtanius Massouh, já o delegado Flamarion Vidal, só deixará um dia de ser delegado se quiser.


Joseny Cândido 2542013

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial