terça-feira, 30 de julho de 2013

E AGORA COMPANHEIRA?

E AGORA COMPANHEIRA?


Enquanto o povo estava nas ruas cobrando gestão governamental competente e sem corrupção, Luiz Inácio Lula da Silva escondeu-se como se não tivesse nada a ver com o assunto. Bastou as manifestações populares refluírem ─ ao que tudo indica, momentaneamente ─ para ele voltar. E voltou para mostrar que continua exatamente o mesmo, que não aprendeu nada com o retumbante “chega!” que a voz das ruas bradou para os políticos que se julgam muito espertos e capazes de manipular eternamente os anseios populares.
Na arenga de mais de uma hora no Festival da Mulher Afro, Latino-Americana e Caribenha, na terça-feira em Brasília, os dotes palanqueiros de Lula revelaram, como única novidade, a admissão implícita do enorme desgaste de Dilma Rousseff com suas repetidas trapalhadas na tentativa de dar satisfação aos protestos populares.
O script não foi diferente no dia seguinte, na capital baiana, durante evento comemorativo dos 10 anos de poder do PT. Lula e Dilma subiram ao palanque montado pelo governador Jaques Wagner para, como de hábito, lançar sobre os ombros das “elites” a responsabilidade de todos os males que afligem o país e gabar feitos sem precedentes na história deste país.
O tema principal dos discursos da dupla foi a inflação, que flerta com o descontrole e é uma das facetas mais visíveis da incompetência do governo aparelhado pelo PT. Para Dilma, “não é verdade” que a inflação seja um problema... 
Lula anda tão obcecado com a ideia de corrigir os desacertos de Dilma que tem cometido gafes embaraçosas. No evento de Brasília declarou: “Dilma não é mais do que uma extensão da gente lá. Nós seremos responsáveis pelos acertos e pelos erros que ela cometer".Parte de uma publicação no Estadão deste sábado.


“Hoje, eu descubro o quanto eu poderia ter feito mais”. Disse Lula.
Quem sabe poderia, por exemplo, ter nomeado o Lulinha Ministro de Qualquer Coisa, o Eike, Presidente do BNDES e a Rose para Chefiar a Casa da Moeda. Poderia ter levado mais coisas do Palácio da Alvorada. Poderia ter comido mais. Poderia ter bebido mais. (Não, pensando bem, isso não dava)... 
Me faz lembrar do doutor Hélio Bicudo, sem meias palavras, disse que antes de tudo o ex-metalúrgico tem que mostrar como se tornou a maior fortuna do país..."Penso que não precisa acrescentar mais nada, afinal o doutor Bicudo, foi quem fez o PT e abrigou o nove dedos em sua própria casa, portanto deve saber o que fala, mas se afastou de tudo e de todos quando percebeu o rumo que seu pupilo tomara, o enriquecimento ilícito ainda vai ser questionado, explicado, não sei, mas tudo tem o seu tempo, mesmo por que a Justiça quase sempre tarda, mas nunca falha!"

JOSENY 30072013
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial