sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Marina pede ao TSE para acelerar processo de registro de novo partido

Marina pede ao TSE para acelerar processo de registro de novo partido

Débora Santos - Da TV Globo

A ex-senadora Marina Silva se reuniu nesta quarta-feira (14) com a presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para pedir que a Justiça Eleitoral acelere o processo de confirmação de assinaturas de apoio ao Rede Sustentabilidade, partido que ela tenta criar.
Marina Silva é possível candidata à Presidência da República na eleição de 2014. Para poder concorrer, a nova legenda precisa ter sido aprovada pelo TSE até 5 de outubro.
Para que o processo de criação do novo partido seja apreciado pelo TSE são necessárias cerca de 490 mil assinaturas de apoio. Segundo a ex-senadora, já foram encaminhadas aos cartórios eleitorais 600 mil fichas de apoio ao partido, mas somente 215 mil foram certificadas. Ela também afirmou que parte das assinaturas foi invalidada.
“Estamos discutindo com a Justiça Eleitoral para verificarmos quais são as justificativas dessas invalidações, e a demora nos cartórios de validação das fichas. A maioria justifica que tem estrutura de pessoal aquém do volume de trabalho que eles têm. E nós entregamos no prazo adequado 600 mil fichas e esperamos que a validação seja feita. Não temos nenhuma razão para não acreditar que serão validadas no prazo adequado porque apresentamos no prazo certo”, afirmou.
De acordo com a ex-senadora, a ministra Cármen Lúcia a encaminhou para a corregedora do TSE, ministra Laurita Vaz. Segundo Marina Silva, nesta quinta ou na sexta haverá uma reunião com a corregedora para que sejam apresentados os problemas que o partido enfrenta nos cartórios.
“A ministra não falou em termos de prazo. O que ela disse que é que iria entrar em contato com a corregedoria. De fato, fez um telefonema, a corregedoria se dispôs a nos receber até sexta no sentido de dar uma resposta para algo que não é culpa da Rede Sustentabilidade: o fato de os cartórios terem uma estrutura que não dá capacidade de resposta para a demanda que estamos fazendo”, declarou.

JOSENY LOPES 16082013
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial