domingo, 15 de setembro de 2013

PRÉ-CAMPANHA 2014- PM E BM.

PRÉ-CAMPANHA 2014- PM E BM.

15092013
 CADA POLICIAL DEVERÁ ELE PRÓPRIO ESCOLHER SEU(s)  CANDIDATO(s) ATRAVÉS DE SENSO CRÍTICO E JUÍZO DE VALOR ACERCA DE PESSOAS E FATOS. Essas serão nossas prévias.
1. Perguntaram-me se a RD vai preparar novas prévias para filtragem de pré-candidaturas à CLDF e Câmara Federal. Respondo: CADA POLICIAL DEVERÁ ELE PRÓPRIO ESCOLHER SEU(s)  CANDIDATO(s) ATRAVÉS DE SENSO CRÍTICO E JUÍZO DE VALOR ACERCA DE PESSOAS E FATOS. Essas serão nossas prévias. Não se faz  necessário numa instituição politizada e com alto nível de escolaridade e participação política mobilizar recursos e pessoas para escolha de pré-candidatos.
2.Na última semana os membros da RD fomos convidados por um pré–candidato para acompanhar o início de seus trabalhos. Participei da reunião entusiasmando porque pude ver o bom nível do trabalho, dos debates e o comprometimento dos envolvidos no projeto do colega.  O amigo pré candidato não é daqueles que ficam se envolvendo em picuinhas, disse-me-disse ou conjecturas fantasiosas de pré-candidatos, não, ele é distinto, com a vida pessoal pacificada, equipe coesa (tinha uns 35 pessoas nessa primeira reunião), simpatia  e, o principal, consegue agregar.
3. O colega Guarda Jânio tem levado às redes sociais a discussão acerca da candidatura no que ele chama de “Chapão”. Ou seja, todos , ou a maioria, dos pré-candidatos num único partido. Obviamente que isso é utopia. E porque afirmo isso? Porque a escolha do partido é pessoal, envolve questões ideológicas, de articulações construídas pelo individuo e de seus vínculos e interesses com lideranças partidárias. Fica a sugestão para o colega para que tente levar pelo menos para a mesma coligação, assim abrirá opções partidárias, mas se focar apenas num único partido o projeto não avança.
4. Estamos todos aguardando que as propostas de reestruturação, DO CMT GERAL DA PMDF E DO DEPUTADO PATRÍCIO, venham a público, afinal já estamos caminhando a passos largos para o mês de outubro.
5. Àqueles que desejam sair candidatos à Câmara Federal é melhor que se movimentem. Dependendo do partido e da coligação 50 mil votos não servirão para nada. Que o digam os ex deputados Laerte Bessa e Maninha. No caso de Policiais Militares é preciso que rompamos a barreira dos 20 mil votos obtidos nos últimos três pleitos.
6. Uma triste constatação feita pela revista Superinteressante “dificilmente a carreira política atrai as pessoas mais capacitadas. Você tem algum amigo talentoso? Pois bem, provavelmente ele não quer ser político. Em geral, pessoas talentosas vão à universidade, escolhem uma profissão e vão brilhar muito em uma empresa ou em qualquer espaço onde lhes dêem recompensas mais imediatas e palpáveis.”  
7. Os pré-candidatos à CLDF terão muito trabalho, afinal nas eleições de 2010 foram 884 candidatos para 24 vagas(35 por vaga). Segundo informações que corre nos bastidores o pleito de 2014 deverá ter um número recorde de candidaturas, beirando o número 1.000 (mil).
Fonte:RD:Por Roner Gama

JOSENY LOPES


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial