sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Jogar a PMDF contra a população é fácil. E os políticos?


Jogar a PMDF contra a população é fácil. E 

os políticos?

 31 de janeiro de 2014   



 
A Operação Tartaruga da Polícia Militar está assustando toda a população do Distrito Federal. O número de assaltos, homícidios estão cada vez mais alarmantes. Os políticos e parte da imprensa querem atribuir toda a responsabilidade aos policiais militares. Muito fácil, né? E os políticos, que prometeram mundos e fundos nas Eleições de 2010 ? Eles não são os responsaveis por nada?
Na hora de conseguir os votos dos PMs ninguém falou que os mesmos  ganhavam mal ou bem. Sem pestanejar prometeram com todas as letras, que caso fossem apoiados a PM seria prestigiada. Inclusive fizeram 13 promessas por escrito. Agora os PMs são os culpadosEm 2010 estavam todos prosas: o govenador Agnelo Queiroz, os senadores Rodrigo Rollemberg e Cristovam Buarque. Além do ex-cabo e deputado distrital, Patrício que fez juras de amor a categoria.  
Os blogs vem desde outubro de 2013, noticiando que a PM estava com esse movimento. O governador Agnelo Queiroz, não deu assunto, como sempre faz preferiu desqualificar os blogs e os policiais militares.  Eis, o resultado.
Bastou uma parte abastada da população sentir na pele o peso da violência urbana, para o governador Agnelo e o secretário Sandro Avelar, admitirem que algo está fora do normal na principal força de segurança da sociedade. Sim, falem o que quiser da PM, me critiquem o tanto que quiserem. Aqui afirmo com todas as letras que a Polícia Militar é a malha protetora da sociedade. Do lado dos marginais é que eu não vou ficar.
Existe policial militar truculento. Sim, existe. Para esse tipo de mal profissional tenho a minha caneta, a corregedoria da cooporação e a justiça.
A PM faz quase todos os serviços da segurança pública. Até organizar o trânsito tem sido uma atribuição da Polícia Militar. Enquanto isso, os privilegiados agentes do Detran e do DER, ganham R$ 17 mil por mês só para engordar os cofres públicos.
É fácil massacrar uma categoria, e ficar ao lado de um governo que tem 90% de reprovação da sociedade. Obvio, milhões estão em jogo.  Quando um dono de jornal ou autoridade está em perigo. Primeiro: ele lembra da polícia. Segundo: reza a Deus para que a polícia chegue. Simples assim.
O governador Agnelo Queiroz, e o pré-candidato a deputado federal e secretário de Segurança Pública, Sandro Avelar deveriam negociar com os policias militares. A estratégia tem sido a desqualificação dos policiais. Não vem dando resultado, pelo contrário a revolta tem sido cada vez maior. Enquanto isso, estamos virando carne moída para bandidos.
Que os políticos e as autoridades públicas leiam, o desabafo de Raquel Sabino, prima do jovem trabalhador e inocente Leonardo Almeida, 29 anos,que foi assassinado com um tiro no pescoço na porta de sua casa em Águas Claras.
"Senhor Agnelo, a Bíblia fala para orarmos pelos nossos inimigos. Oro, então, para que o senhor não perca seu familiar com um tiro no pescoço, em frente à porta de casa", desabafou. "Porque enquanto você descansa, a gente chora," Raquel Sabino em palavras direcionadas ao governador, Agnelo Queiroz. 
Fonte: Redação Por Odir Ribeiro

 COMENTO
Parabéns querido irmão Odir Ribeiro, pela brilhante matéria que Deus te abençoe fortemente, um forte abraço.
SGT JOSENY LOPES

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial