quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

“A PARTIR DE AGORA O PESCOÇO NA FORCA É O MEU , É O DO DEPUTADO PATRÍCO”.

 A partir de agora o pescoço na forca é o meu é o do Deputado Patrício” (…) quero ver quem vem pegar  a gente aqui na Câmara.
REUNIÃO CLDF 3




















TRECHOS DOS DISCURSOS

ELIANA PEDROSA

Considerou que o aconteceu no clube dos Oficiais foi uma Simulação de assembléia.Disse que a convocação do CMT GERAL DA PMDF E CBMDF se faz necessária, que o governo passa uma falsa impressão para a população de que está tudo bem e não esta, que a farsa não leva a lugar nenhum só à revolta…”Esse é o perigo de colocar pessoas sem nenhuma experiência no Comando”… que o DF vive “essa é a maior crise que o DF está passando e o Governador viajando para Dubay (…)
PLATÉIA “Anula o decreto já”

AYLTON GOMES

Disse que “se aliou ao governo para pudesse atender aos anseios da corporação”… que no governo Arruda houve um empenho daquele governador em levar adiante as propostas de policiais- que culminou na 12086- “por que o Governador não faz o mesmo” (…) “O Bombeiro quando chega para atender o socorro não pergunta a classe social da pessoa, ele atende em respeito ao cidadão. O que queremos é o respeito”
PLATÉIA “Linear, linear”
PLATÉIA “Fora Leão, Fora Leão” (…) “Eu existo, eu existo”( com identidade não mão)

DEPUTADO PATRÍCIO

“Nós vamos criar condições para aprovação da reestruturação.” (…) “Quem não a carreira única são os oficiais”
Convidou todos ao final daquela sessão à irem para eixo e seguirem a pé até a praça dos três poderes.
PLATÉIA “O praça unido, jamais será vencido”
Todos entoam a música “Caminhando e cantando e seguindo a canção”…
Colocou em votação a projeto apresentado pelo GDF, todos com a identidade na mão : “Quem é contra a proposta apresentada pelo GDF?”
PLATÉIA “Nãooo”
“Quem é a favor?”
PLATÉIA  vira as costas.
Ao final todos se dirigiram para o eixo, cerca de 7 mil policiais, e seguiram até a Praça dos Poderes, fizeram uma parada na rodoviária, com a identidade empunhada e o grito de ordem “eu existo, eu existo”. Ato em frente ao Palácio do Planalto e novo coro “Dilma recebe MST e não recebe os policiais”.
COMENTO
Depois do fiasco da mobilização conduzida pelos pré-candidatos que se intitulavam "Legítimos, eternos e enviados dos céus para salvar a PM", o Deputado Patrício (praça, ou ex praça) tomou à dianteira e se posiciona como representação política da categoria. Por outro lado, fica a sempre e justificável crítica "Por que demorou tanto?". Estamos a dois meses do período eleitoral e, sinceramente, é difícil acreditar  que consiga encaminhar e ter aprovada uma proposta de reestruturação. Se conseguir tem nossos aplausos. Cada PM/BM UMA LIDERANÇA!
Por Roner Gama
Fonte:
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial