quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Auxílio Moradia um engodo do GDF.

20022014

Clique em   logo acima para aumentar.

Fonte:http://rededemocraticapmbm.com.br/wp-content/uploads/2014/02/DODF-19-DE-FEV-2014-038.pdf


CONSIDERAÇÕES A RESPEITO DO DECRETO E VALORES A SEREM PAGOS:

Lendo o Diário Oficial do Distrito Federal - onde o governo do Distrito Federal protagonizou a edição  dos Decretos: 35.181 e 35.182 de 18 de fevereiro de 2014, respectivamente Auxílio Moradia e Auxílio Alimentação especificando os valores a serem recebidos pelos Policiais e Bombeiros do DF, diante do exposto no decreto vale fazer algumas considerações a respeito.

1. Do Decreto: Não ficou claro no corpo do Decreto o futuro do Auxílio Moradia deixando margem para interpretações dúbias, sobre tudo porque existe Auxílio com dependente e sem dependente conforme especificado na tabela acima, ora pergunta-se:
1.1 O Auxílio Moradia com dependente permanece inalterado quando por força de lei se perde o dependente, ou se altera para perceber o Auxílio Moradia sem dependente? 

1.2 O beneficiário sem dependente obrigatoriamente gasta menos com aluguel do aquele que possui dependente?

1.3 Caso seja conforme perguntado no item 1.1 transpondo-se, do com dependente, para o sem dependente, restará apenas dizer a título de exemplo no caso do SD que iniciará com um valor de R$ 365,19 em 2014, e finaliza em 2016 com o mesmo valor, e assim sucessivamente basta que olhemos a tabela inicio e fim.

Por fim observa-se mais uma manobra escusa e vergonhoso por parte do Governo do Distrito Federal, para mais uma vez passar mel no boca dos policiais.    
              


SGT JOSENY LOPES 19022014

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial