quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

O auxilio moradia pode ser reajustado pelo GDF?

É preciso que o Governador, o Secretario de Segurança e até mesmo a Presidenta entendam que há uma indignação na categoria

Parlamentar ressaltou a importância do movimento de policiais e bombeiros militares pela urgência da reestruturação
Assembléia da PM/BM em frente ao Palácio do Buriti
Hoje (18) no plenário da Câmara Legislativa, o Deputado Patrício mostrou sua indignação em não se apresentar uma proposta digna á categoria dos policiais e bombeiros militares. Em assembléia realizada hoje pela manhã em frente ao Palácio do Buriti, PMs e BMs disseram não a proposta de reajuste salarial que o governo apresentou. Por meio de votação, decidiram que farão contraproposta ao GDF.

Após reunião, o GDF apresentou duas propostas no fim de semana: corrigir o auxílio alimentação de R$ 650 para R$ 850, a partir de abril deste ano, e reajustar o auxílio moradia, em três parcelas anuais a partir de setembro de 2014, que passaria de R$ 11 para R$ 370 por mês.

Foram 35 categorias atendidas com plano de carreira e a segurança foi deixada de lado. “Vou continuar lutando pela categoria, fazendo parte da base do governo ou não, independente de quem fique indignado, continuarei a falar a verdade doa a quem doer”, ressaltou Patrício.

VEJAM NO VÍDEO:

Fonte:http://www.deputadopatricio.com.br/conteudonoticias.php?id_noticia=1297#.UwSLi2JdX_8

SGT JOSENY LOPES 19022014
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial