segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

O Fórum das associações nega que as entidades representativas pregou, prega ou pregará a operação tartaruga.



Por meio de nota, o presidente da Associação dos Oficiais da Reserva Remunerada e Reformados da PM e dos Bombeiros (Assor), Mauro Bambrila, disse que “nenhuma das associações representativas apoia, pregou, prega ou pregará qualquer operação que venha a prejudicar o atendimento à população”. A Associação dos Oficiais da PMDF (Asof) também esclareceu, em página na internet, “que não apoia nenhuma ação que venha a atrapalhar ou retardar o trabalho da Polícia Militar junto à sociedade” e que prioriza a legalidade de todos os seus atos.


A assessoria de Comunicação da PM informou que o primeiro dia de operação para reduzir a criminalidade no DF teve um balanço de 41 ocorrências atendidas. No total, 227 pessoas e 71 veículos foram abordados. Além disso, houve a apreensão de uma arma de fogo e três prisões. Segundo a capitã Rosineide Santos, o patrulhamento foi reforçado em todo o DF. Ela não soube dizer quantos oficiais estão nas ruas.
http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2014/02/02/interna_cidadesdf,410777/associacao-de-pms-debocha-sobre-determinacao-para-voltar-ao-trabalho.shtml

Associações que fazem do FórumASAPOL, ARMILC, CAP, CLUBE DOS BOMBEIROS, ASSOR/PMDF/BM, ASSOF/CBMDF, CIFAIS E ASOFPMDF.


SGT JOSENY LOPES

Curta a nossa página no Facebook e receba conteúdos inéditos e novidades em primeira mão além de poder saber de lá as novas postagens de cá


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial