quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Policiais militares fazem assembleia em frente ao Palácio do Buriti

Policiais militares fazem assembleia em frente ao Palácio do BuritiMais de 10 mil militares participaram do evento

13/02/2014 
Uma das reivindicações da classe é a reestruturação da carreira (Ed Alves/CB/D.A Press)
Uma das reivindicações da classe é a reestruturação da carreira

Os policiais militares do Distrito Federal participaram, nesta quinta-feira (13/2), de uma assembleia em frente ao Palácio do Buriti. Mais de 10 mil militares estavam presentes no evento.

A movimentação no local foi intensa e marcada pela presença de caravanas com policias militares de várias cidades. O objetivo da reunião foi conseguir equiparação salarial com outras categorias da segurança pública.

Os militares deram um prazo para o governo Agnelo Queiroz apresentar uma proposta de isonomia salarial até sexta-feira (14/2). A categoria planeja realizar uma nova assembleia dependendo da resposta do governo. A Secretaria de Comunicação informou que divulgará informações sobre qualquer novidade em relação ao assunto. 

"Caso nada seja apresentado, vamos continuar com a operação legalidade. Vamos atender as ocorrências sem extrapolar a velocidade das vias, por exemplo", disse. A associação representa cerca de 8 mil militares.

Em entrevista, um dos policias, que não quis se identificar, disse que uma das reivindicações da classe é a reestruturação da carreira. A manifestação foi pacífica e não atrapalhou o trânsito. 



A associação representa aproximadamente 8 mil PMs do DF (Ed Alves/CB/D.A Press)
A associação representa aproximadamente 8 mil PMs do DF

Durante a assembleia, o tenente Poliglota afirmou que vai continuar o movimento dos militares. "Vamos trabalhar na legalidade, porque nós PMs cumprimos a lei. O governo não apresentou nenhuma proposta. Nós estamos aguardando o governo se pronunciar".

Arrecadação

Além Poliglota, o subtenente Ricardo Pato também discursou para os militares. Eles pediram para as pessoas que estavam na assembleia doarem dinheiro para poder ajudar no pagamento de advogados devido a um processo contra eles. Uma sacola plástica circulou entre PMs e bombeiros.

Segundo militares, a arrecadação é mais ampla: uma conta teria sido aberta para ajudar com as contribuições. 

Fonte:http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2014/02/13/interna_cidadesdf,412599/policiais-militares-fazem-assembleia-em-frente-ao-palacio-do-buriti.shtml

SGT JOSENY LOPES 13022014
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial