segunda-feira, 31 de março de 2014

Integrantes de 6 legendas pretendem discutir aliança para concorrer ao GDF

Integrantes de 6 legendas pretendem discutir aliança para concorrer ao GDFGrupo quer ser opção às candidaturas de Arruda e de Agnelo


No momento em que começam a se desenhar as coligações para a corrida ao Palácio do Buriti, com nomes como o do atual governador, Agnelo Queiroz (PT), e do ex José Roberto Arruda (PR), um terceiro grupo dá início a articulações. Está marcado para hoje, às 19h, um encontro com legendas que ainda não escolheram nomes para a disputa eleitoral. O convite partiu do PDT, e estão na lista de convidados representantes das mais diversas correntes ideológicas, como o PSol e o PSDB.


Foram chamados também membros do PPS, PROS e PSB, de Rodrigo Rollemberg, um dos políticos cotados para a disputa do Buriti. A reunião ocorrerá na sede do PDT regional. Segundo o senador Cristovam Buarque (PDT), o encontro será uma primeira conversa com os partidos. “Vamos ouvir o que as siglas têm a dizer. Depois, vamos analisar se temos pontos em convergência ou não. A gente sabe que é muito difícil fazer uma chapa com todos essas legendas”, explicou. O senador acredita que, dessas reuniões, pode surgir uma coligação dos insatisfeitos. “Aqueles que não querem nem o passado de Arruda nem o presente de Agnelo”, destacou.

Embora o PDT esteja à procura de parceiros para as eleições locais, Cristovam Buarque reafirmou o apoio da candidatura do deputado federal José Antônio Reguffe, também do PDT. “A candidatura do Reguffe só depende dele. Vou apoiá-lo nem que estejamos sozinhos”, garantiu Cristovam. “Agora, encarar uma eleição assim é mais difícil e, por isso, estamos procurando partidos que tenham essa convergência de ideias”, complementou.

Articulações
Os partidos que ainda não desenharam as chapas correm contra o tempo para se articularem, até porque os concorrentes começam a desenhar a campanha. O Diretório do PT no Distrito Federal divulgou a reeleição de Agnelo no dia 23 de fevereiro. A decisão foi aprovada com unanimidade pela direção do partido. O PT ainda discute as alianças locais com 17 partidos que compõem a base do governo atualmente. A chapa Arruda e Liliane Roriz (PRTB) foi oficializada em 12 de março, em uma reunião na casa de Joaquim Roriz, no Park Way. O acordo era negociado desde o ano passado, mas a herdeira política do ex-governador Roriz resistia e cogitava disputar novamente à Câmara Legislativa.

Fonte:http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2014/03/31/interna_cidadesdf,420353/integrantes-de-6-legendas-pretendem-discutir-alianca-para-concorrer-ao-gdf.shtml

SGT JOSENY LOPES 31032014
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial