terça-feira, 1 de abril de 2014

PMs Divididos …. e conquistados!

PMs Divididos …. e conquistados!

segregac3a7c3a3o

Nesta semana um grupo de subtenentes conseguiu emplacar um decreto, o de n° 35.258 de 24 de março de 2014, que os isenta de fazer a prova para acesso ao oficialato no quadro QOPMA. Para quem não sabia, a partir de novembro deste ano sargentos com mais de 18 anos poderiam concorrer com subtenentes para acesso ao QOPMA. Correram atrás e se beneficiaram.  Justo, mas e os outros policiais?

Há muito tempo a política entre os PRAÇAS da PMDF é “farinha pouca, meu pirão primeiro”, onde nossas legislações mudam conforme demandas de certos grupos em detrimento da maioria. O que vale é quem está próximo do político mais forte à época e se aproveita desta proximidade mudando as regras do jogo para beneficiar seu grupo.

Parece exagero, mas devido a esse tipo de segregação nós continuamos sendo uma massa que tem força, mas que é facilmente subjugada pois basta oferecer um filé para um grupo e jogar o osso para o resto. Este tipo de prática é muito antiga e ainda funciona com excepcionais resultados em todas as partes do mundo. Na nossa categoria, Policiais Militares, é mais gritante ainda como essesegregac3a7c3a3o tipo de tática é adotada. São varias rivalidades idiotas que nos mantém sob controle desde nossa fundação. É o combatente contra o expediente, o raiado contra o comum, o antigo contra o novinho, o rotanzeiro contra o patameiro, e ainda poderia seguir aqui uma extensa relação.

 O que nos falta senhores é união, mas um tipo de união ainda não experimentada, uma união que extrapola as poucas horas em frente ao carro de som, uma união onde nenhuma ação externa consiga enganar pequenos grupos. Um tipo de união onde eu pense no que meu companheiro precisa antes de ficar pensando apenas no meu umbigo. É uma visão um pouco menos imediatista. Uma visão a longo prazo, onde a maioria seria beneficiada.

E sabemos que ações como a dos policiais que correram atrás do decreto acima citado não são tão nobres pois nada é divulgado, ninguém fica sabendo das reuniões com chefes e políticos até que tudo esteja assinado. Acho antiguidade um mérito sim, e deve ser levado em conta, mas se fosse tão legitima, será que não estaria estampada em blogs ou sendo discutida entre colegas nos batalhões tal iniciativa? Infelizmente ações sorrateiras são necessárias para beneficiar pequenos grupos, pois assim a grande massa que vai ser prejudicada não fala nada, não briga, não questiona.

Temos que parar com essa hipocrisia de culpar outros pela nossa incompetência. Sempre ouço policiais culpando agentes do DETRAN, agentes da policia civil, ou até mesmo oficiais, por nossa situação atual, mas me desculpem senhores, a culpa não é deles, a culpa é totalmente nossa, sem nenhuma exceção. Somos gananciosos, aceitamos o que oferecem independente da falta de moral e ética que isso representa. E pior, sempre nos achamos melhores que nossos colegas. Se sou de rua acho o expediente aproveitador, se sou expediente acho o de rua embusteiro, se sou comum acho o operacional um otário que perde a folga, se sou operacional acho o comum um muxiba. Todos acham tudo de todos, e vamos seguindo sendo massacrados e ridicularizados por termos tanta força e não conseguirmos sair do lugar.
Fonte: Blog Caserna Papa Maike

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial