quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Por falta de projetos, segurança pública do DF “perdeu” R$ 480 mi

    SEGURANÇA
Daniel Ferreira/Metrópoles
DANIEL FERREIRA/METRÓPOLES

Por falta de projetos, segurança pública do DF “perdeu” R$ 480 mi

Em 2016, R$ 370 milhões foram remanejados para outras áreas. Em 2015, R$ 110 milhões retornaram ao Fundo Constitucional
Suzano Almeida

SUZANO ALMEIDA


25/01/2017 5:12 , ATUALIZADO EM 24/01/2017 23:34

23
0
0
A segurança pública da capital perdeu, nos últimos dois anos, R$ 480 milhões do Fundo Constitucional do Distrito Federal (FCDF). Em 2016, R$ 370 milhões foram remanejados para outras áreas simplesmente porque não foram indicados projetos de segurança nos quais o dinheiro pudesse ser usado. Em 2015, a situação foi pior: além de o GDF não ter escolhido iniciativas, como não houve mudança na destinação da verba, R$ 110 milhões voltaram aos cofres da União.

MAIS SOBRE O ASSUNTO

O levantamento, feito pelo gabinete do deputado Wasny de Roure (PT), mostra que, embora houvesse a disponibilidade de recursos federais, esse dinheiro não chegou ao Corpo de Bombeiros, à Polícia Militar ou à Polícia Civil. Essa última corporação luta, desde julho do ano passado, pela isonomia salarial em relação à Polícia Federal.
Em 2016, os R$ 370 milhões que poderiam ir para a segurança pública foram transferidos para o pagamento de servidores da saúde e da educação. Essa foi a forma encontrada pelo GDF para evitar que o dinheiro retornasse aos cofres públicos federais.
Quando esses recu/rsos não são empenhados, eles voltam para a União, que não soma os valores como se fossem superávit do Fundo Constitucional. Esse dinheiro não volta para o Distrito Federal no ano seguinte. Foi o que ocorreu em anos anteriores, por isso o GDF resolveu remanejá-lo no fim de 2016 para o pagamento de pessoal da saúde e da educação"
Wasny de Roure, deputado
A ideia de remanejar os recursos ocorreu após o Distrito Federal “perder” R$ 110 milhões destinados à segurança pública em 2015. No primeiro ano do governo Rodrigo Rollemberg (PSB), como não foram apresentados projetos para esses recursos e os valores não foram empenhados ou destinados a outras áreas, o dinheiro retornou à União.
Daniel Ferreira/MetrópolesDANIEL FERREIRA/METRÓPOLES
Descontentamento na Polícia Civil
Essa realidade irritou representantes da Polícia Civil, que deflagrou a Operação Legalidade ainda em 2016 em busca da isonomia de vencimentos em relação à PF. “A segurança pública não é prioridade do GDF. O Fundo Constitucional foi criado exclusivamente para a segurança, mas o dinheiro tem ido para outras áreas. Está aí a causa do aumento da criminalidade: falta de investimento”, critica o presidente do Sindicato dos Policiais Civis do DF (Sinpol), Rodrigo Franco.
Até a última atualização desta reportagem, o GDF não havia comentado os dados.
TCU tira poder do GDF
Em 2016, o GDF perdeu a gestão do Fundo Constitucional, que voltou a ser gerido pela União. A decisão foi do Tribunal de Contas da União (TCU). Segundo a Corte, faltava transparência no gerenciamento dos recursos — apenas no ano passado, a reserva do DF contava com R$ 7,1 bilhões.
Rollemberg pediu que o GDF possa voltar a gerir o fundo. No entanto, a Corte ainda não analisou o caso.
Fonte:https://mail.google.com/mail/u/0/?tab=wm#inbox/159d5710522c4a0c
SGT JOSENY RR



TAG: PMDF, Policia Militar, Policia Militar do Distrito Federal, Segurança, Segurança Pública, Clube dos Políciais, Notícias Brasilia, Notícias Brasil, Notícias Distrito Federal, Notícias PMDF, Notícias CBMDF, Notícias Segurança,  Notícias Segurança Pública,  Notícias Esporte,  Notícias Saúde,  Notícias Saúde Pública, Notícias Educação, Notícias Samamabaia,  Notícias Samamabaia Norte,  Notícias Samamabaia Sul,  Notícias Ceilândia,  Notícias Ceilândia Sul,  Notícias Ceilândia Norte,  Notícias P. Sul,  Notícias P. Norte,  Notícias Taguatinga,  Notícias Taguatinga Sul,  Notícias Taguatinga Norte,  Notícias Recanto das Emas,  Notícias Riacho Fundo,  Notícias Aguas Claras,  Notícias Park Way,  Notícias Arniqueiras,  Notícias São Sebastião,  Notícias Entorno,  Notícias Sudoeste,  Notícias Noroeste,  Notícias Asa Sul,  Notícias Asa Norte,  Notícias Lago Sul,  Notícias Lago Norte,



Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial